Roma, 10/9/2018 – Durante uma convivência na cidade italiana de Porto San Giorgio, no sábado 8 de setembro, o papa Francisco surpreendeu ligando ao telefone do iniciador e responsável internacional do Caminho, Kiko Argüello, e convidando os 800 seminaristas reunidos a buscar “sempre o Senhor”.

Na tarde do sábado passado, a equipe internacional responsável do Caminho, composta por Kiko Argüello, María Ascensión Romero e Pe. Mario Pezzi, estava reunida com mais de 1,2 mil pessoas (catequistas itinerantes das nações onde há seminários Redemptoris Mater, assim como numerosos presbíteros, 11 bispos, 200 novos seminaristas e outros muitos seminaristas com diferentes anos de formação procedentes de diversos seminários), quando o Pontífice ligou e dirigiu umas palavras de conforto.

Do outro lado da linha, o Santo Padre saudou os presentes, momento em que Kiko lhe manifestou o afeto e apoio do Caminho Neocatecumenal nestes momentos difíceis.

“Buscai sempre o Senhor! Adiante Adiante!”, disse o papa Francisco quando Kiko lhe pediu algumas palavras para os que estavam ali reunidos.

Como toda a assembleia permanecia em silêncio esperando que o Papa continuasse, o próprio Pontífice acrescentou: “Entenderam?”, e todos responderam com um sonoro “sim!” seguido de um caloroso e prolongado aplauso.

O papa Francisco ofereceu em seguida sua bênção a todos os presentes.

O Caminho Neocatecumenal conta com 122 seminários Redemptoris Mater em todo o mundo com a criação neste ano de mais 2, na Colômbia e na República Dominicana.

Os 200 novos seminaristas reunidos nesta convivência passaram por um processo de discernimento e agora começarão sua formação nestes seminários diocesanos e missionários.

Participaram também da convivência vocacional 11 bispos – alguns dos quais fundaram Seminários Redemptoris Mater em suas dioceses –, bem como os formadores dos mesmos.

A convivência foi concluída no domingo 9 de setembro, com uma eucaristia na qual Kiko convidou os seminaristas “a falar corretamente, ou seja, a proclamar o Kerigma, que é o que verdadeiramente cura as pessoas” e prescrutar e ler a cada dia a Palavra de Deus.

Por sua vez, o Pe. Mario Pezzi convidou os jovens na homilia a não se preocuparem com o futuro, a não terem medo e a se deixarem conduzir por Jesus Cristo.

Encontros vocacionais e proximidade com o papa Francisco

No último mês de agosto, o Caminho Neocatecumenal celebrou dois encontros vocacionais de caráter internacional em Roma (Itália) e Múrcia (Espanha).

O primeiro deles ocorreu em 12 de agosto no Circo Máximo de Roma, como ápice de uma grande peregrinação organizada pela Conferência Episcopal Italiana e no dia seguinte a uma vigília de oração presidida no mesmo lugar pelo papa Francisco. No encontro, presidido pelo vigário do Papa para a diocese de Roma, o cardeal Angelo De Donatis, participaram cerca de 12 mil jovens provenientes da Itália e de outros países da Europa.

No encontro, cerca de 200 rapazes, 100 moças e outras 100 famílias se mostraram dispostos a entrar no seminário, abraçar a vida consagrada e a missão, respectivamente.

O município murciano de San Pedro del Pinatar (Espanha) acolheu outro encontro no dia 26 de agosto, do qual participaram cerca de 25 mil jovens da Espanha, Portugal e outros países da Europa.

O bispo da diocese de Cartagena, Mons. D. José Manuel Lorca Planes foi o encarregado de presidi-lo.

Cerca de 300 rapazes, 300 moças e 200 famílias se ofereceram também para o sacerdócio, a vida consagrada e a missão.

Dias antes do primeiro encontro em Roma, a equipe responsável do Caminho informou o papa Francisco sobre a realização dos dois encontros, renovou seu afeto e comunhão e assegurou as orações de todo o Caminho por ele.